Conecte-se

Sociedade

#POLÍTICA

Eu Vi o Mundo #6 – Patrícia Campos Mello

Campos Mello foi a jornalista que denunciou, dias antes do segundo turno das eleições de 2018, o financiamento de disparos em massa no WhatsApp e disseminação de notícias falsas, na maior parte em benefício de Jair Bolsonaro.

Dawisson Belém Lopes e Guilherme Casarões, da Eu Vi o Mundo
#POLÍTICA17 de mar. de 231 min de leitura
Dawisson Belém Lopes e Guilherme Casarões, da Eu Vi o Mundo17 de mar. de 231 min de leitura

A jornalista Patrícia Campos Mello viajou o mundo e enfrentou no exercício da profissão várias situações perigosas – cobriu guerras, esteve no Afeganistão, na Síria e na Líbia. Mas só teve um país onde ela precisou contratar segurança: o Brasil.

"Eram pessoas que distribuíam a minha agenda de compromissos públicos em grupos bolsonaristas, falando para as pessoas irem me confrontar. Ou que sabiam da idade do meu filho e que ficavam mandando ameaças", conta.

O motivo da ira bolsonarista? Campos Mello foi a jornalista que denunciou, dias antes do segundo turno das eleições de 2018, o financiamento de disparos em massa no WhatsApp e a disseminação de notícias falsas, na maior parte em benefício de Jair Bolsonaro. Por conta disso, virou alvo de uma violenta campanha de difamação e intimidação.

#POLÍTICA
JORNALISMO
BOLSONARO
GÊNERO